Claro Transportes

Menu

Televendas / Cotação

Demais Assuntos

Televendas / Cotação

Demais Assuntos

Controle de estoque: conheça os erros mais frequentes

O controle de estoque desempenha um papel crítico na eficiência operacional, satisfação do cliente, conformidade legal e fiscal e, por fim, no sucesso geral de uma organização.

Entretanto, esse processo nem sempre recebe a atenção que merece. E logo que negligenciado ou mal executado, pode se tornar um verdadeiro pesadelo, resultando em prejuízos financeiros e operacionais significativos.

Em decorrência disso, neste artigo, vamos explorar os benefícios de um controle de estoque eficiente, identificar os erros mais frequentes cometidos pelas empresas e fornecer dicas a fim de evitar essas armadilhas. Então, continue a leitura e confira!

Compreendendo os benefícios de um controle de estoque eficiente

Enquanto não voltamos nossa atenção aos erros mais praticados pelas empresas no controle de estoque, vamos compreender os benefícios que uma gestão eficaz pode proporcionar. E quais são eles? Selecionamos quatro:

1. Redução de custos

Primeiramente, um controle de estoque adequado permite que você mantenha apenas a quantidade necessária de produtos em estoque.

Isso significa que você evitará gastos dispensáveis relacionados ao armazenamento de itens em excesso, como aluguel de espaço, segurança e manutenção.

2. Melhor atendimento ao cliente

Assim que realiza um controle de estoque eficiente, você estará mais preparado para atender às demandas dos clientes de forma rápida e precisa. E as vantagens disso são inúmeras!

Maior satisfação do cliente, aumento da fidelidade e, surpreendentemente, melhores resultados para o seu negócio.

3. Evita perdas por obsolescência

Produtos que ficam muito tempo em estoque podem se tornar obsoletos, sobretudo em setores onde a tecnologia e as tendências de mercado mudam rapidamente.

Nesse caso, um controle de estoque assertivo ajuda a identificar tais itens e a tomar medidas preventivas.

4. Otimização dos processos

Para finalizar nossa lista de benefícios.

Processos eficazes de controle de estoque também se traduzem em processos operacionais otimizados. Em outras palavras, há menos tempo gasto procurando produtos, retrabalho reduzido e maior eficiência em toda a cadeia de suprimentos.

Agora que destacamos os ganhos, vamos abordar os erros mais frequentes que podem minar esses ganhos potenciais. Fique atento para não cometê-los!

Quais são os erros mais frequentes? Conheça 6 deles

O controle de estoque é uma parte vital da gestão empresarial, e quando executado corretamente, traz muitas vantagens.

No entanto, a maioria das empresas cometem erros graves nessa área, os quais afetam negativamente toda a operação. Por isso, em sequência, exploraremos os erros mais recorrentes no controle de estoque e como eles podem impactar seu negócio.

1. Não fazer o controle de estoque

Para começar, não poderíamos deixar de mencionar o erro mais prejudicial.

Algumas empresas ainda operam sem qualquer tipo de controle de estoque, o que pode levar a problemas graves. Dentre eles, a falta de produtos para atender à demanda dos clientes ou, inversamente, o excesso de estoque, resultando em custos desnecessários de armazenamento.

2. Não empregar a tecnologia adequada

Em um cenário em que a tecnologia avança rapidamente, não aproveitar sistemas de gerenciamento de estoque modernos é um erro que pode custar caro.

Nesse sentido, a falta de um software adequado aumenta as chances de imprecisões nos registros de estoque, além de dificultar a identificação de tendências e compromete a visibilidade em tempo real.

3. Não ter políticas e processos claros

Políticas e processos de controle de estoque bem definidos são essenciais.

Uma vez que a ausência de padrões para registrar entradas e saídas de produtos, procedimentos para reposição de estoque e políticas para lidar com produtos obsoletos pode gerar inconsistência nas operações e dificuldades na tomada de decisões.

4. Não realizar o monitoramento contínuo

O estoque é dinâmico e está em constante movimento.

Dessa forma, a falta de monitoramento contínuo fornece desvios significativos entre o estoque registrado e o estoque real. Como consequência, há impasses na disponibilidade de produtos, atrasos nas entregas e insatisfação dos clientes.

Não controlar o giro de produtos gera custos desnecessários e desperdiça oportunidades de venda.

5. Não controlar o giro dos produtos

Ignorar essa métrica cria múltiplas adversidades, as quais envolvem produtos obsoletos ocupando espaço valioso de armazenamento, custos desnecessários e oportunidades de vendas perdidas.

 6. Desconsiderar a demanda futura

Prever a demanda futura é um dos fatores que mantém o equilíbrio entre oferta e demanda.

Assim, quando esse aspecto não é considerado, há uma série de problemas, desde disponibilidade de produtos e insatisfação dos clientes até perda de vendas.

Esses são apenas alguns dos erros mais frequentes no controle de estoque. Conhecê-los é o primeiro passo para assegurar que o seu controle de estoque seja uma vantagem competitiva, ao invés de um problema operacional.

Todavia, não basta apenas evitar esses erros; deve-se adotar boas práticas e estratégias a fim de alcançar um controle de estoque eficiente. A seguir, apresentamos três dicas valiosas.

3 dicas para um controle de estoque eficiente

 1. Utilize tecnologia avançada

Conforme investe em um sistema de gerenciamento de estoque moderno, você desfruta de diversas vantagens. Já que essas ferramentas oferecem automação, visibilidade em tempo real e análises avançadas que vão otimizar seus processos de estoque.

2. Estabeleça políticas e processos claros

A segunda dica consiste em documentar políticas e processos de controle de estoque claramente definidos. Isso inclui procedimentos para registrar entradas e saídas, regras de reposição de estoque e políticas de avaliação de produtos obsoletos.

3. Priorize o monitoramento contínuo

Por fim, mantenha um monitoramento constante do seu estoque. Essa iniciativa pode englobar auditorias periódicas, uso de tecnologias de rastreamento avançadas e revisões regulares das métricas de giro de estoque.

A CTL: sua parceira na gestão eficiente de estoque

Em resumo, um controle de estoque eficiente é um dos pilares para o sucesso de uma organização, independente do nicho em que ela se encontra.

Portanto, evitar erros comuns, como a falta de monitoramento ou a não utilização de tecnologia adequada, é inevitável para garantir a eficiência e a rentabilidade de sua operação.

Na CTL, entendemos a importância crítica do controle de estoque para o sucesso dos nossos clientes. Assim sendo, nossos serviços não se limitam apenas ao transporte de cargas; também oferecemos soluções abrangentes em logística.

Com uma política de armazenamento rigorosa, tecnologia de ponta e processos bem definidos, estamos comprometidos em ajudá-lo a superar os desafios e ter operações de êxito! Por isso, pare de perder tempo! Entre em contato e descubra como podemos contribuir.

Compartilhar:

LinkedIn
Facebook

Pesquisar

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES