Claro Transportes

Menu

Televendas / Cotação

Demais Assuntos

Televendas / Cotação

Demais Assuntos

Conheça os 6 principais tipos de estoque

A gestão de estoque é uma parte fundamental de qualquer operação comercial, independente do seu tamanho ou segmento. 

No entanto, para conquistar uma administração eficaz e atender às demandas dos clientes com sucesso, é crucial compreender os tipos de estoque e escolher o mais adequado às necessidades da sua empresa. 

Por isso, neste artigo, exploraremos os seis principais tipos de estoque, destacando suas características e vantagens. Entenda também a importância de um controle de estoque eficiente, bem como dicas exclusivas para garantir que os produtos certos estejam disponíveis quando você mais precisar. 

Acompanhe a leitura e confira!

6 tipos de estoque

Em uma empresa logística, existem diversos tipos de estoque, cada qual com função e propósito específicos. Conheça, então, seis deles adiante:

1. Estoque de Matérias-Primas

O estoque de matérias-primas consiste nos materiais básicos que uma empresa utiliza para produzir seus produtos. Esses produtos podem variar de acordo com o setor, incluindo desde tecidos e metais até químicos. 

Ter um estoque apropriado de matérias-primas é essencial para garantir que a produção não seja interrompida por falta de insumos. Isso reduz o tempo de inatividade e permite que a empresa atenda às demandas de forma consistente.

Principais vantagens:

Evita interrupções na produção: com matérias-primas suficientes em estoque, sua produção continua ininterruptamente, mesmo que haja atrasos nos fornecedores.

– Negociação de preços: comprar matérias-primas em grandes quantidades pode proporcionar negociações favoráveis de preços com fornecedores.

2. Estoque em Processo

O estoque em processo representa produtos que estão nas etapas do processo de produção, ou seja, ainda não concluídos. Esses produtos geralmente englobam componentes que aguardam a montagem final ou itens que estão sendo fabricados. 

Quando você realiza um controle preciso desse tipo de estoque não só otimiza a produção, como evita gargalos no processo de fabricação.

Principais vantagens:

– Maior eficiência: manter produtos parcialmente concluídos em estoque pode acelerar a produção final, reduzindo o tempo de fabricação.

– Flexibilidade de produção: permite ajustar a produção segundo a demanda, evitando a produção excessiva.

3. Estoque de Produtos Acabados

O estoque de produtos acabados é composto por itens prontos para serem vendidos e enviados aos clientes. 

Trata-se do estoque mais visível para a maioria das empresas, devendo ser gerenciado com cautela a fim de evitar excesso de estoque ou falta de produtos.

Principais vantagens:

– Atendimento rápido: possibilita atender prontamente aos pedidos dos clientes, melhorando a satisfação dos mesmos e a reputação da empresa.

– Oportunidades de vendas: é possível aproveitar promoções e oportunidades de vendas sazonais sem atrasos na entrega.

4. Estoque em Trânsito

Em quarto lugar, temos o estoque em trânsito.

Esse tipo de estoque refere-se a produtos que estão a caminho do seu destino final, seja de fornecedores para a organização ou da organização para os clientes. 

O gerenciamento eficaz desse estoque assegura inúmeros benefícios, como o rastreamento cuidadoso dos prazos de entrega e a sincronização com a demanda.

Principais vantagens:

– Maior visibilidade: produz uma visão clara da cadeia de suprimentos e possíveis atrasos.

– Melhor planejamento: permite ajustar o estoque disponível com base no tempo de trânsito, de forma que os produtos cheguem no momento certo.

5. Estoque de Segurança

O estoque de segurança é uma reserva adicional de produtos mantida para lidar com incertezas na demanda ou atrasos inesperados tanto na produção como entrega. 

Ele funciona como uma espécie de “colchão”, pois ajuda a proteger a empresa contra situações imprevisíveis.

Principais vantagens:

– Resposta a mudanças: possibilita uma resposta ágil a flutuações na demanda ou atrasos no fornecimento, de modo que a empresa opere normalmente.

– Maior satisfação do cliente: ter um estoque de segurança impulsiona a satisfação do cliente, já que os pedidos podem ser atendidos imediatamente.

6. Estoque Obsoleto

Para finalizar nossa lista, apresentamos o estoque obsoleto.

Tal como o nome sugere, esse tipo de estoque é composto por produtos que não podem mais ser vendidos devido a danos, obsolescência ou mudanças nas especificações. 

Administrar esse tipo de estoque é crucial se você deseja evitar perdas financeiras, além de reduzir custos de armazenamento.

Principais vantagens:

– Liberação de espaço físico: ao identificar e remover produtos obsoletos, você cede espaço para itens mais procurados.

– Redução de perdas financeiras: diminui as chances de prejuízos financeiros, controlando produtos sem valor de mercado.

Vale reforçar que esses são apenas alguns dos estoques que uma empresa de logística pode coordenar. E que a escolha por um ou outro depende do tipo de negócio, das necessidades de produção e das demandas dos clientes.

Mais que compreender os tipos de estoque; é preciso gerenciá-los

Independente dos tipos de estoques que sua empresa mantém, gerir o estoque deve ser prioridade na organização. Afinal, a prática traz uma série de vantagens, começando pela:

Redução de custos de armazenamento

A gestão eficiente de estoque ajuda a reduzir os custos de armazenagem, visto que estoques excessivos resultam em mais espaço de armazenamento necessário. Isso implica em despesas com aluguel, segurança e manutenção.

Atendimento ao cliente aprimorado

Um bom gerenciamento de estoque significa que você pode atender às demandas do mercado de maneira consistente. 

Quando os produtos estão prontamente disponíveis, há uma maior satisfação e fidelização do cliente. Afinal, você evita a perda de vendas causada pela falta de produtos ou a insatisfação devido aos atrasos na entrega.

Redução de perdas de estoque

Estoque obsoleto ou produtos que vencem acabam gerando perdas financeiras significativas

Nesse caso, o controle de estoque ajuda a minimizar isso, garantindo que os produtos sejam vendidos ou usados antes de se tornarem inválidos. 

os tipos de estoque certos fazem parte de uma boa estratégia de marketing

Melhoria na tomada de decisões

A partir do momento que você se preocupa com a gestão de estoque, consegue colher dados precisos sobre a performance dos produtos e as tendências de demanda. 

Essas informações são vitais para a tomada de decisões relacionadas a compras, produção e estratégias de marketing, evitando, por exemplo, a superprodução ou a falta de produtos.

Fluxo de caixa mais saudável

Manter níveis adequados de estoque significa menos dinheiro preso em produtos não vendidos. 

Essa ação melhora o fluxo de caixa da organização, fazendo com que o dinheiro seja investido em áreas mais estratégicas, como pesquisa e desenvolvimento, expansão ou pagamento de dívidas.

Conhecer os tipos de estoque é fundamental para uma boa gestão

Em resumo, compreender os diversos tipos de estoque é essencial para qualquer empresa, independentemente de seu tamanho ou setor de atuação. 

Como vimos neste artigo, existem seis principais tipos de estoque: matérias-primas, em processo, produtos acabados, em trânsito, de segurança e obsoleto. Cada um deles desempenha um papel importante na cadeia de suprimentos, e a escolha entre esses tipos varia quanto às necessidades de sua empresa.

Entretanto, nada disso adianta se você não adotar uma gestão de estoque eficaz. Essa prática proporciona diversos benefícios, impactando positivamente os clientes e gerando um fluxo de caixa mais saudável.

CTL é sua parceira em transporte e logística!

Nossa empresa não apenas oferece soluções logísticas de alta qualidade, mas também pode ser sua parceira estratégica no controle de estoque. 

Trabalhamos em conjunto com você para garantir que seus produtos estejam disponíveis quando necessários, contribuindo para redução de custos, atendimento eficiente ao cliente e melhoria nas tomadas de decisões

Entre em contato conosco e fortaleça o sucesso do seu negócio em todos os aspectos da logística e gestão de estoque!

Compartilhar:

LinkedIn
Facebook

Pesquisar

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES